>Sambada de Coco do Guadalupe: homenagem às mulheres

>

Neste sábado, 6 de março, a Sambada de Coco do Guadalupe homenageia as mulheres que lutam pela vida, que fazem a cultura e combatem a violência através de suas ações como mães, trabalhadoras e lutadoras. Pela segunda vez este ano, a Sambada retorna a seu lugar de origem, o Beco da Macaíba, próximo ao largo do Guadalupe.

A programação contará mais uma vez com o som do discotecário NKCumbia, e a apresentação de filmes do Cineclube Macaíba, apresentando o filme “Mulher, Negra Mulher”. O documentário é uma conversa com várias mulheres negras.A partir da experiência pessoal de cada uma, o video mostra pontos de vista, histórias e relatos da situação da mulher negra na sociedade brasileira. Em seguida a Sambada começa com mestres, crianças e jovens do Coco de Umbigada e de outras comunidades.

A Sambada acontecerá no próximo dia 06 de março, no Beco da Macaíba, próximo ao Largo do Guadalupe, em Olinda, Pernambuco. Esperamos todos e todas para cantar e brincar com o axé da Matriz Africana! Para maiores informações, use nossos canais de comunicação, disponíveis na coluna à direita de nosso blog.

Anúncios

Um comentário sobre “>Sambada de Coco do Guadalupe: homenagem às mulheres

  1. >O Celular Espião é um celular tão incrível e polêmico que foi proibido em alguns países da Europa e é novidade no Brasil.O Celular Espião é um telefone celular comum, especialmente modificado para poder ser monitorado à distância, permitindo assim escutar as conversas telefônicas e ambientais de quem o utiliza.www.celularespiaobrasil.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s