Participação de Mãe Beth de Oxum na Lei Cultura Viva

10356157_706606462796099_7820078375708193365_nCidadania e Diversidade

A desconferência Cultura de redes para além das políticas setoriais abriu a rodada de debates do lançamento da Lei Cultura Viva.

Pontos, redes, coletivos, entidades, grupos e gestores culturais participaram da discussão.

Mãe Beth de Oxum, de Olinda (PE), também destacou a necessidade de se investir em mídias livres, sobretudo em rádios comunitárias. “É preciso descriminalizar essa questão das rádios comunitárias. Ainda temos muito a avançar nesse sentido”. Ela ressaltou, ainda, a importância da autodeclaração dos Pontos de Cultura. “Quem tem legitimidade para dizer quem é Ponto é o próprio povo”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s