Coco de Umbigada no Festival Negra América

O Coco de Umbigada estará em Salvador durante os dias 24 a 30 de agosto com a  presença de Alice Ialodê, Pablo Oxaguian, Daniel Luis e Mãe Beth de Oxum, ministrando oficina “Isso é Coco de Umbigada!” Dia 27/08 das 08h30 às 12h no Palco do Centro Cultural de Plataforma e no dia 28\08 se apresentará ás 19hs no mesmo lugar pelo Festival Negra América. Que estará sendo realizado pelo primeiro ano e tem como objetivo promover o intercâmbio entre coletivos artístico-culturais de bairros periféricos de Salvador com coletivos juvenis, formados por afrodescendentes de outros países latino-americanos. A expectativa é que o encontro proporcione o fortalecimento da produção artístico-cultural dos coletivos participantes, além de promover a reflexão sobre a contribuição das manifestações culturais de matriz africana para o desenvolvimento da América Latina. A intenção do Negra América é promover a visibilidade do jovem de periferia como produtor de riqueza cultural para as cidades onde vivem, especialmente Salvador, cidade que sediará a primeira edição do evento

Ao longo dos dias d 26 e 29 de agosto no evento acontecerão apresentações culturais, atividades educativas e a construção colaborativa de uma agenda de ações em rede a serem realizadas pelos coletivos juvenis. O Festival Negra América abrangerá diferentes linguagens artísticas, reunindo artistas de música, vídeo, cultura digital, intervenções urbanas, teatro, como uma verdadeira vitrine da produção dos coletivos juvenis.A programação também conta com dois seminários, com os temas Cultura e Economia Solidária – A Experiência das Produtoras Culturais e Cultura Afrolatinamericana – Construção de Redes. Um total de 14 oficinas colaborativas, ministrados pelos representantes das instituições parceiras e dos coletivos: Educomunicação (Brasil), Produção de Áudio/ Webrádio (Brasil), Narração Visual (Equador), Narrativas Audiovisuais para Crianças (Colômbia), entre outras que serão oferecidas ao público.

O Festival Negra América pretende integrar os coletivos juvenis, a universidade brasileira, gestores públicos e a sociedade civil organizada para construir conjuntamente uma numa agenda de ações a serem realizadas após o evento. A expectativa é fortalecer a ação dos jovens artistas e ativistas em seus territórios, promovendo iniciativas colaborativas e articuladas. Já estão confirmados como grupos internacionais Escuela Audiovisual Infantil de Belén de los Andaquíes (Colômbia), entre os representantes nacionais o Pombas Urbanas (São Paulo), Coco de Umbigada (Pernambuco), Relatos de Rua (Amapá), e entre os baianos o Reforma Companhia de Dança (Salvador), Grupo Resistência Poética(Salvador), Dudu Odara (Salvador), Movimento Cultural Arte e Manha (Caravelas), Companhia de Artes Cênicas Rheluz (Pintadas).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s