Música

boa-noite-da-umbigada

Boa Noite

Letra: Mãe Beth de Oxum

Boa noite a meu povo todo,

no meu terreiro eu venho trazendo essa sambada,

vamo abrir a roda de coco,

e dar muita umbigada;

Meu Terreiro é o Terreiro da Umbigada,

Dona Oxum lá tem morada,

pois no dia da sambada,

meu Guadalupe fica lotado,

menino é coquista pra todo lado,

Dona Aurinha vem chegando,

Pombo Roxo vem cantando,

Zeca do Rolete vem dançando,

Dona Selma vem cantando,

Minha Mãe Preta vem sambando,

Beth de Oxum vem no comando;

Boa noite a meu povo todo,

no meu terreiro eu venho trazendo essa sambada,

vamo abrir a roda de coco,

e dar muita umbigada.

Meu Terreiro é o Terreiro da Umbigada,

Dona Oxum lá tem morada,

pois no dia da sambada,

meu Guadalupe fica lotado,

menino é coquista pra todo lado,

Dona Aurinha vem chegando,

Pombo Roxo vem cantando,

Zeca do Rolete vem dançando,

Dona Selma vem cantando,

Minha Mãe Preta vem sambando,

Beth de Oxum vem no comando;

Boa noite a meu povo todo,

no meu terreiro eu venho trazendo essa sambada,

vamo abrir a roda de coco,

e dar muita umbigada,

Vamo abrir a roda de coco,

e dar muita umbigada.

*************************************

Coqueiro é de Coco Santo

Letra: Mãe Beth de Oxum

Coqueiro é de Coco Santo,

Coqueiro é de Coco Santo (côro)

Faz a casa, faz a cama,

faz o fogo, faz a chama,

Coqueiro é de Coco Santo,

Coqueiro é de Coco Santo (côro)

Faz o prato que se come,

mata a fome, mata a sede,

da a sombra, amarra a rede,

Coqueiro é de Coco Santo,

Coqueiro é de Coco Santo (côro)

Das fibras se faz o manto,

plantemos por todo canto,

Coqueiro é de Coco Santo,

Coqueiro é de Coco Santo (côro)

*************************************

O Coco traz consciência

Letra: Mãe Beth de Oxum

No dia 19 de março,

planta o milho que ele vem,

na tenda de Oxossi tem,

Coco de Quebra Pedra também,

Na Casa de Oyá Togum,

Seu Curisco vem chegando,

Por debaixo do chapéu,

daquele jeito vem olhando,

Ze Pretinho também vem ,

querendo a Mazuca dançar,

pois o Mestre quando chega,

o Coco vai vadiar,

Venho aqui anunciar,

que o Coco tem ciencia,

na Jurema e nos Terreiros,

o Coco traz consciência.

o Coco vem da Jurema

e o Mestre assim mostrou

quando desce o seu povo

a Mazuca vadiou

venho aqui anunciar,

que o Coco tem ciencia,

na Jurema e nos Terreiros,

o Coco traz consciência.

Na Jurema e nos Terreiros,

o Coco traz consciência.

*************************************

É o Coco de Umbigada

Letra: maẽ Beth de Oxum

O Guadalupe tem um terreito,

é o Terreiro da Umbifgada

maẽ Beth de Oxum

vem trazendo essa sambada

Diga lá que Coco é esse

é o Coco de Umbigada

Diga lá que Coco é esse

é o Coco de Umbigada

Ô diga o nome desse Coco

Ô diga o nome desse Coco

é o Coco de Umbigada!

Ô diga lá que Coco é esse

Ô diga lá que Coco é esse

é o Coco de Umbigada!

No Guadalupe também têm,

a Boneca de Mãe Preta,

O Cariri e o Chorão,

o Pererão e o Barão,

Ô diga lá que Coco é esse

é o Coco de Umbigada!

No Terreiro da Umbigada ,

tem Coco de Umbigadinha,

vem trazendo Yalodê,

Oxaguiãm, Mayra

e Inayê.

Ô diga lá que Coco é esse

é o Coco de Umbigada!

No terreiro da Umbigada,

tem a Escola de Mãe Preta

Mãe Prtea vem chegando

e o samba vem raiando

a Umbigada vadiando

*************************************

É mundo de homen e de mulher

Letra: Mãe Beth de Oxum

A sociedade precisa banir

a violencia social

a Serra do Pantanal

o beijo apulso do carnaval

Ê mundo cão,

de cão não é!

É mundo de homem e de mulher.

Nem animal, nem bicho ruim

agente é que faz o mundo assim

Banir o homem que bate em mulher

menino gago que apanha apanha de colher

Na hora da fome não tem o gingé

e a TV só mostra Pelé

Ê mundo cão,

de cão não é!

É mundo de homem e de mulher.

Nem animal, nem bicho ruim

agente é que faz o mundo assim

Se vamos trabalhar,

não sabemos se vamos voltar

Se temos nossos filhos,

não sabemos no futuro o que será

Ê mundo cão,

de cão não é!

É mundo de homem e de mulher.

Nem animal, nem bicho ruim

agente é que faz o mundo assim

Banir a violencia é nosso papel

trago o Coco nesse cordel

Ê mundo cão,

de cão não é!

É mundo de homem e de mulher.

Nem animal, nem bicho ruim

agente é que faz o mundo assim